Mitos e verdades sobre a disfunção erétil

De acordo com estudos, a impotência sexual é um problema que chega a afetar 43% dos homens com idade entre 18 e 60 anos, em diferentes níveis.

Por vergonha ou preconceito, muitos homens ainda se recusam a procurar por ajuda, o que acaba atrapalhando muito a melhora do quadro. Por outro lado, muitos acreditam em crenças populares a respeito de tratamentos e causas.

No entanto, será que tudo que é dito por aí é verdade mesmo?

E então, que tal conhecer alguns mitos e verdades sobre a disfunção erétil? Veja:

  1. Má alimentação pode causar impotência?

Muita gente acredita que alimentar-se de fast food, batata frita e outros alimentos gordurosos pode causar a impotência sexual. Na verdade, isso não irá causar a impotência de forma direta, porém pode ocasionar problemas de saúde que resultarão sim em um quadro de disfunção erétil.

  1. Excesso de açúcar, sal e álcool estimulam a impotência?

Esses itens devem ser consumidos de forma prudente e sem excessos a fiz de que seja possível evitar o surgimento de doenças que tem a impotência como ocorrência secundária.

  1. Falta de desejo causa impotência

Sem dúvida, sentir desejo e atração pelo parceiro ou parceira é algo essencial para que haja uma ereção. Quando falta desejo e atração, poderá haver também um problema de impotência sexual, seja de maneira exclusiva ou associado com outras questões.

  1. Fazer vasectomia causa impotência sexual?

Não mesmo! A vasectomia é um procedimento seguro e sua realização não causará qualquer tipo de distúrbio de ereção.

  1. Todo tratamento para impotência é invasivo?

Mito! Existem diversas formas de tratar a impotência sexual e os mais invasivos são considerados apenas quando os menos invasivos não deram resultados.

Além disso, a ciência e a medicina vêm avançando, mostrando progressos importantes em novas formas de tratamento do problema.

  1. Todo tratamento de impotência tem efeitos colaterais?

Não! A verdade é que muitos remédios usados para tratar a impotência sexual podem ocasionar efeitos colaterais bem sérios. Por isso só devem ser utilizados com a orientação e recomendação de um médico.

No entanto, existem também medicamentos e suplementos naturais, que ajudam a tratar o problema e não causam reações adversas, o Tittanus é ótimo e não tem efeitos colaterais.

  1. É possível se tratar de forma alternativa, sem ir ao médico?

Todo o tipo de tratamento pode ser benéfico, mas é importante que se converse com o médico sempre, até mesmo para tratamentos alternativos, que são cada vem melhores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *